quinta-feira, outubro 27, 2011

A Oração Pode Mudar Deus?

 A  oração pode mudar Deus?

Nos dias atuais é muito comum ouvir no meio evangélico que nossas orações tem poder para criar coisas, para mover ou mudar o coração de Deus e os Seus planos?

Será isso verdade? Para respondermos a pergunta do título do post é necessário responder a outra pergunta. É possível o Deus imutável mudar?

A resposta para as duas questões é simplesmente um NÃO.

A oração não muda Deus e nem altera os Seus planos, também não pode criar ou mudar qualquer situação, a não ser que esteja de acordo com a sua soberana vontade. Deus é imutável em sua natureza e em seu propósito final, porém a imutabilidade de Deus não significa imobilidade, as obras de Deus permanecem interminavelmente e com muitas variações (João 5:17).

Os versos que falam sobre mudança ou arrependimento de Deus (Gn 6:6-7; Ex 32:14; I Sm 15:11,35; Jr 18:7-11) significa dizer que Deus abranda ou muda sua maneira de lidar com o homem, tudo dentro do seu propósito eterno.

sexta-feira, outubro 14, 2011

O Livre Arbítrio

  C ontinuando a série de artigo sobre eleição, predestinação e livre arbítrio, hoje estou escrevendo o tema sobre o livre arbítrio e suas implicações com a doutrina da eleição, procurando mostrar que não há contradição alguma nestes dois assuntos.
Para muitos teólogos e cristãos a doutrina da eleição é incompatível com o livre arbítrio, porém sabemos que o livre arbítrio é um ensinamento bíblico, assim como a eleição também, leia o artigo anterior.  Tanto a eleição, quanto o livre arbítrio são verdades bíblicas e não ha nenhuma incompatibilidade ou contradição entre estes dois temas, a não ser pela limitação das nossas mentes.
Precisamos compreender o que o livre arbítrio é a determinação de agir conforme a vontade da nossa mente, mas o ponto de partida sobre o que iremos pensar não vem de nós, mas vem do espírito que habita em nós. Em Rom 8:29,30, aprendemos sobre esse princípio, pois a fé inicial não vem de nós, mas de Deus, nossa tarefas é colocar em prática a fé inicial, que nos move na direção de Deus.

É verdade que agimos conforme nossas decisões, agindo de acordo com nossos pensamos e isto está de acordo com os princípios bíblicos abaixo, mas precisamos compreender que o livre arbítrio como pensávamos não existe, pois nossos pensamos são influenciados pela forma que vivemos, por nossas experiências físicas, psíquicas e espirituais.


Facebook Share